VIAJAR COM CRIANÇAS – PLANEJAMENTO É TUDO!

Eis que após muitos meses – 19 para ser mais precisa! – voltei para tirar a poeira deste blog! rs E se vc está pensando que entrou no blog errado por conta do título, vou logo explicando: agora sou mãe! Minha filha Stella nasceu em fevereiro e desde então minha vida mudou muito e para melhor! E nada mais natural do que incluí-la nas nossas viagens, não é mesmo?

img_0006

Quando estava grávida muita gente vinha me dizer que depois que tivesse filhos as nossas viagens seriam somente para resorts. Nunca dei ouvidos para estes comentários, mas também não entrava em discussão porque não sabia como seria a vida com filhos. Sempre tive a intenção de continuar viajando após a chegada da minha filha, claro que adequando tudo à rotina dela. E a minha maior inspiração é a Adriana Miller, do blog Dri Everywhere que leva a filha Isabella a bordo em praticamente todas as viagens.

Muita gente fala que viajar com crianças é bobagem, pois elas não se lembrarão quando crescerem. Sou totalmente contra este pensamento, pois se fizermos somente o que uma criança lembrar iremos ficar somente em casa até ela completar uns 5 anos. O que acho válido são as experiências que ela irá curtir naquele momento, descobrir um mundo novo, interagir etc. E aproveitar que criança até dois anos não paga passagem é a desculpa perfeita para viajar para muitos lugares legais!

Já levamos Stella de avião para Minas quatro vezes e em novembro fomos para Foz do Iguaçu (assunto para o próximo post!). As primeiras viagens foram mais tranquilas no quesito planejamento porque ela só mamava no peito e tomava um pouco de complemento (leite artificial) em seguida. Mas depois que começou a comer frutas e papinhas com seis meses e meio, aí virei a rainha do planejamento! Se não se programar e planejar não saímos de casa! rs

img_9371  Vou mostrar como me planejo e organizo para poder viajar com a Stella sem carregar várias malas e também sem ficar louca catando tudo o que vejo pela frente antes de sair de casa:

ALIMENTAÇÃO – Sou muito cuidadosa com a alimentação da minha filha e faço questão de preparar todas as refeições dela. Ofereço uma variedade grande de alimentos, tudo saudável e nutritivo. Ofereci papinha industrializada somente uma vez porque não havia outra opção, mas ela detestou (ainda bem! rs). Preparo almoço e jantar no vapor e sempre faço uma quantidade maior para deixar congelado. O cozimento é bem rápido e logo em seguida amasso levemente com um garfo e acomodo os alimentos em forminhas de gelo. Cada cubinho equivale a uma porção de um grupo alimentar. Aí quando vamos viajar eu separo 4 porções variadas destes cubinhos congelados e acomodo em um saquinho plástico. Desta forma, cada saquinho contém uma refeição. Levo a carne em uma vasilha de vidro com tampa e coloco na bolsa térmica junto com os saquinhos.

Acomodo tudo no frigobar ou geladeira quando chegamos ao destino e na hora da refeição basta aquecer no fogão ou microondas. Comida saudável, caseira e sem confusão! Vejam na foto abaixo como ficam os saquinhos:

comida_congelada

MALA DE MÃO – Levo uma mochila dobrável de nylon (modelo parecido com este) na cabine do avião com itens que ocupam mais espaço. Aí coloco dentro dela um necessaire grande com fraldas, produtos de higiene e trocador portátil (uma super amiga me deu de presente este modelo e é muito prático, amo!), uma troca de roupa, brinquedinhos, fraldinha de boca e uma mantinha. E também levo uma bolsa (tenho esta e adoro, pois na hora do aperto não dá para ficar abrindo e fechando ziper!) com meus pertences, documentos da Stella e uma lancheira de neoprene (tenho esta e acho super prática) com mamadeira com leite em pó, copo de transição para água (e suco se estiver no horário) e se estiver na hora da refeição um pote térmico (tenho este e adoro, leve e prático!) com a comida dela.

MALA DESPACHADA – Geralmente levo uma mala média e coloco minhas roupas e também as roupas da Stella junto. Assim, evito despachar duas mals e também me obrigo a ser mais resumida na quantidade de roupas, sapatos e acessórios.

CARRINHO – Herdamos um carrinho de passeio de uma prima do Du e é o modelo perfeito para quem viaja com crianças. Ele é super leve e dobra em poucos movimentos. É ótimo, principalmente quando viajo sozinha com ela. E o bom dele é que é modelo guarda-chuva mas pode ser usado desde o nascimento. O modelo é este aqui.

DOCUMENTOS – Quando fomos a Foz do Iguaçu precisamos fazer o RG da Stella, pois visitamos o lado argentino das Cataratas. E foi a melhor coisa, pois levo somente o RG para viajar e assim evito ficar carregando a certidão de nascimento e correndo o risco de perdê-la ou ser assaltada. É bem mais fácil fazer a segunda via do RG do que da certidão de nascimento.

Ufa, acho que por enquanto é isso! Ainda não fizemos viagem internacional com a pequena, então minha experiência se resume a voos mais curtos e destinos nacionais. Quando fizermos uma viagem internacional com ela e também à medida que ela for crescendo e a logística de viagem ficar mais complexa, eu volto para atualizar este post!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: