SÃO FRANCISCO: QUARTO DIA

Na segunda-feira e penúltimo dia em São Francisco fomos visitar a Igreja Saint Mary’s Cathedral que eu só descobri no guia do Wallpaper que comprei em Los Angeles. E foi uma agradável surpresa, pois a igreja é bem diferente e interessante.

DSC_0201

O projeto de arquitetura é de autoria dos arquitetos John Michael Lee, Paul A. Ryan e Angus McSweeney com a colaboração de Pier Luigi Nervi e Pietro Belluschi. Concreto e mármore travertino revestem a edificação externamente:

IMG_3406

Se do lado de fora eu já estava impressionada com o formato da Igreja, quando atravessei a porta de entrada fiquei boquiaberta. São 08 seguimentos de parabolóides hiperbólicos (na hora que entrei reconheci esta estrutura e me lembrei de um projeto de Igreja com parabolóide hiperbólico que fiz na faculdade) que compõem a cobertura da edificação e no encontro de cada um há um vitral para permitir a entrada de luz natural, formando uma cruz entre si:

DSC_0189

DSC_0188

O altar é bem simples com as paredes revestidas por um painel de madeira e uma cruz colorida:

DSC_0187

O órgão da Igreja é destaque ao lado dos bancos:

DSC_0175

Todas as imagens do interior da Igreja são entalhadas na madeira e ficam nas laterais do edifício. Parecem estar flutuando, coisa mais linda:

DSC_0186

DSC_0179

DSC_0191

DSC_0194

O vitral que fica acima da porta de entrada  é lindo e tem uma mistura bela de cores e imagens:

DSC_0190

Nas extremidades da Igreja dá para ver o tamanho dos pilares que sustentam a edificação: uma verdadeira obra de arte!

DSC_0178 DSC_0185

Saímos da Igreja e seguimos andando pelas ruas da cidade, apreciando a arquitetura e o cotidiano de São Francisco:

DSC_0210 DSC_0213

DSC_0208

 

DSC_0216

Em seguida chegamos na Union Square, rodeada por lojas como Macy’s, Tiffany & Co e Saks Fifth Avenue:

DSC_0218

DSC_0225

IMG_3854

A Union Square é uma praça em uma região bem central e movimentada da cidade (fica a 2 quadras do nosso hotel) e na hora do almoço muita gente vai pra lá almoçar a comida que trouxeram de casa. Tem mesas e bancos espalhados pela praça, super prático e uma ótima opção de alimentação mais saudável e mais econômica também!

DSC_0223

DSC_0220

DSC_0228

Em frente à escada de acesso à praça encontramos uma escultura em forma de coração que faz parte do projeto Hearts in San Francisco. O projeto foi lançado em 2004 pelo San Francisco General Hospital para arrecadar fundos e no fim de cada ano as esculturas são leiloadas e o dinheiro arrecadado vai para o hospital. Este projeto foi inspirado na Cown Parade (quem não lembra das famosas vaquinas espalhadas por algumas cidades brasileiras?!) e o tema de corações foi inspirado na famosa canção do Tony Benett, “I left my heart in San Francisco“.

DSC_0232

Da praça fomos para Chinatown que está nas proximidades da Union Square. A Chinatown de São Francisco é a mais velha de toda a América do Norte e também a maior comunidade chinesa vivendo fora da China.

Captura de Tela 2014-04-04 às 17.12.19

DSC_0239 DSC_0238

Andamos pelas ruas à procura de um restaurante para almoçar, mas nenhum chamou nossa atenção. Para ser bem sincera nada ali me chamou a atenção: muitas lojas de quinquilharias (tipo as que temos aqui na 25 de Março – que eu adoro por sinal!) com produtos iguais aos que encontramos aqui no Brasil e vários restaurantes. É o tipo de lugar que todo turista vai para conferir, mas não é nada demais.

01Saímos de Chinatown e voltamos a pé em direção ao hotel. Ironicamente fomos almoçar em um restaurante chinês ao lado do nosso hotel e comemos uma comida muito boa a um preço ótimo! Já passava das 15h e o Du decidiu voltar para o hotel descansar. Eu estava no pique de andar pela cidade e aproveitei para tirar várias fotos das ruas inspiradoras de São Francisco. Nas ruas próxima ao nosso hotel havia várias lojas interessantes e aproveitei para fazer algumas comprinhas também!

02À noite saímos para jantar em um restaurante que já havia feito reserva pela internet ainda no Brasil. Mas antes de ir para o restaurante fomos passear na região do Embarcadero:

DSC_0318

DSC_0306

DSC_0290

DSC_0304

DSC_0295

De quebra ainda vimos a Bay Bridge (ponte que liga São Francisco a Oakland) toda iluminada e linda:

DSC_0312

 De lá pegamos o ônibus e em menos de 10 minutos chegamos no Jardinièrerestaurante de comida “French-California“, como o próprio site define, estrelado pelo guia Michelin. Uma refeição com vinho por lá não sai menos do que uns US$100, porém toda segunda-feira eles oferecem o Monday Night Menu por um preço fixo (pagamos US$49 mas atualmente sai por US$55) com direito a entrada, prato principal e sobremesa e todos harmonizados com vinho. O menu muda a cada semana e posso dizer que vale muito a pena!

Este restaurante é bem low profile, bem no estilo que adoro: sem afetação alguma, decoração minimalista e clientes que estão lá para aproveitar a refeição e não se preocupam em se exibir. No dia que fomos o menu era em homenagem ao 5 de Mayo, uma mistura  de comida mexicana, californiana e francesa. A comida estava uma deliciosa, o serviço impecável e os vinhos servidos (portugueses e espanhóis) estavam divinos! E no fim ainda teve uma surpresa de aniversário adiantado para o Du:

IMG_3898

No site dá para ver o cardápio com todos os valores (tanto o menu convencional quanto o menu de segunda-feira) e fazer a reserva (imprescindível!). Foi um jantar magnífico, perfeito para nossa última noite em São Francisco!

Anúncios
1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: