URUGUAI

Embarcamos para o Uruguai no feriado do dia 15 de novembro para comemorar, com duas semanas de atraso, nossos quatro anos de casados (a.k.a. bodas de flores e frutas!). A viagem durou cinco dias, pois aqui em São Paulo também foi feriado no dia 20 e então decidimos emendar os dias e aproveitar mais o país!

Ficamos hospedados em Montevidéu e passamos um dia delicioso em Punta del Este, cidade do balneário a aproximadamente 130km da capital uruguaia.

IMG_5732

O Uruguai é o segundo menor país da América do Sul e possui menos de 1/3 da população da cidade de São Paulo: somente 3,5 milhões de habitantes! O país lidera o ranking de qualidade de vida e desenvolvimento humano da América Latina e em termos econômicos é um dos países mais desenvolvidos da América do Sul. O povo uruguaio não é dos mais receptivos, mas são muito educados e cordiais. No geral, tive a impressão de que são mais contidos e reservados.

Ontem assisti ao programa do Fernando Gabera, na Globo News (link), cujo tema era a recente polêmica que se instalou no país: a legalização da maconha. O projeto já foi aprovado pela Câmara dos Deputados e segue para aprovação pelo Senado, que deve acontecer até o início de dezembro deste ano. O projeto de legalização da maconha no Uruguai é tido como o primeiro do mundo a legalizar todo o processo de produção da maconha – desde sua produção (será permitido o cultivo pessoal ou produção coletiva) até o consumo (uso medicinal, uso público). A maconha será vendida em farmácias e os fornecedores terão concessão do governo para o plantio. Vale lembrar que o consumo da droga naquele país não é considerado crime, mas sua venda e cultivo sim. 

A moeda utilizada é o peso uruguaio (1 Real equivale a, aproximadamente, 9,13 pesos uruguaios) e na hora de pagar a gente quase toma um susto, pois aumenta um dígito no preço final: uma água custa 30 pesos! Por falar em moeda, de forma geral, achei os preços no Uruguai iguais ou um pouco mais altos do que aqui no Brasil. Comparando com outros países sul americanos que conheço – Argentina e Chile, onde estive em 2010 e 2011 respectivamente – o Uruguai tem um custo bem mais elevado. Apesar dos preços não muito convidativos e opções de compras idem, havia muitos brasileiros por lá.

foto

Na culinária uruguaia a carne é o destaque e é servida em forma de churrasco preparada na lenha ou à parmegiana (frita e empanada). E sempre acompanhada de batata frita bem sequinha. O chivito é o hamburger deles e é encontrado em todos os lugares. O doce de leite e alfajor estão em todo canto também, assim como na Argentina. E para beber os uruguaios não dispensam o mate (chimarrão). Vi várias pessoas com uma garrafa térmica e cuia na mão para ter a bebida durante todo o dia. Alguns até carregam uma bolsa de couro para acomodar os apetrechos.

O que me agradou muito na comida uruguaia é o sabor suave: nada é muito salgado ou muito doce. Sabe aquele doce de leite que até dói a cabeça de tão doce? Pois então, no Uruguai isto não existe!

foto

Nos próximos posts vou contar mais como foram nossos dias em terras uruguaias. E assim que finalizar os posts sobre esta viagem, continuarei com os posts sobre a viagem aos E.U.A.!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: