ÉFESO E A CASA DA VIRGEM MARIA

Nossa, já faz mais de 01 mês que não publico aqui no blog! E esta viagem da Turquia já aconteceu há mais de 02 anos!!! Tudo bem que este blog nasceu no final de 2011, então o atraso é até perdoável! Aos poucos as coisas por aqui vão entrar no eixo e haverá vários posts novos, prometo!

Para quem sentiu falta de posts novos por aqui e pensou que eu teria desistido do blog, informo que ele está mais vivo do que nunca! Vou dar um gás nestes posts da Turquia e em breve vou postar sobre minhas férias deste ano que aconteceram há algumas semanas (o que explica um pouco o sumiço!).

E então voltando a viagem da Turquia…

Saímos de Izmir de manhã a caminho de Éfeso e o percurso durou em média 1 hora (a distância entre as duas cidades é de aproximadamente 80Km).

DSCN3009

DSCN2863

Por volta do ano 1.000 a.C. foi erguida em Éfeso uma cidade greco-romana. A atual cidade em ruína que se vê hoje foi criada no século IV a.C. por Lisímaco, que foi sucessor de Alexandre, o Grande.

DSCN2991

O porto de Éfeso se tornou o mais importante do Mar Egeu, quando a cidade esteve sob domínio romano. No século I a. C. contava com uma população de 250.000 habitantes e nesta época era a segunda maior cidade do mundo.

DSCN2868

Alguns anos depois Éfeso começou a entrar em declínio. O templo de Ártemis (construído em 550 a.C. e uma das Sete Maravilhas do Mundo) foi destruído, assim como outros edifícios, em 401 d.C. E no ano de 614 a cidade foi parcialmente destruída por um terremoto. O porto foi assoreado pelo rio Küçük Menderes e a cidade  perdeu sua importância comercial.

As escavações em Éfeso começaram a partir do século XIX pelo arquiteto John Turtle Wood, financiado pelo British Museum. Atualmente o dinheiro gasto em pesquisas e escavações na área é fornecido pelo governo e por alguns órgãos científicos da Áustria e também por alguns investidores privados. Todas as edificações e ruínas existentes em Éfeso são do período em que a cidade esteve sob domínio romano.

DSCN2986

No início do percurso está a Rua de Colunas com exemplares da ordem jônica e coríntia:

DSCN2934 DSCN2879

A poucos metros está o Odeão que era o salão de reuniões e foi construído em 150 d.C.:

DSCN2875

DSCN2990

Mais adiante está o templo de Domiciano, o primeiro templo de Éfeso e dedicado ao Imperador Domiciano:

DSCN2976

DSCN2977

Em Éfeso, de longe o que vemos é uma área grande e vasta com fragmentos de construções, aparentemente somente ruínas:

DSCN2871

DSCN2984

DSCN2861

Mas quando nos aproximamos é possível encontrar detalhes muito bem preservados:

DSCN2981

A imagem da Nike (deusa grega da vitória) é um destes detalhes que impressionam quando vistos bem de perto:

DSCN2975

A Porta de Hércules era a porta de entrada da Rua dos Curetes e recebeu este nome pelo fato de haver ali dois relevos que mostram Hércules envolto em pele de leão:

DSCN2973

O templo de Adriano está entre uma das atrações mais importantes de Éfeso. Foi construído em 123 d.C. para celebrar uma visita de Adriano. A fachada é em mármore e possui imagens de deuses e deusas da mitologia:

DSCN2902

DSCN2906

Em frente ao Templo de Adriano está o Bordel de Éfeso:

DSCN2961

DSCN2969

DSCN2968

Na foto abaixo, dá para ver como eram os banheiros públicos. Cada buraco equivale a um vaso sanitário e as pessoas iam lá fazer suas necessidades e aproveitavam para colocar as conversa em dia!

DSCN2965

Engraçado como na Turquia há muitos gatos! Vimos bastante em Istambul e até nas ruínas de Éfeso havia alguns deles:

DSCN2972

O ponto alto da visita a Éfeso foi a Biblioteca de Celso, construída entre os anos de 114 e 117 d.C. O cônsul Gálio Júlio Áquila foi o responsável pela construção deste edifício e o fez em homenagem ao pai.

DSCN2909

DSCN2910

A biblioteca foi danificada pelos godos e também por um terremoto no ano 1.000. No andar térreo há 04 nichos (na foto só dá para ver 03 deles) onde estão as deusas Enoia (intelecto), Sofia (sabedoria), Areta (virtude) e Episteme (conhecimento):

DSCN2912

DSCN2913

É possível ver todos os detalhes esculpidos no mármore e mesmo após séculos, ainda estão muito bem conservados.

DSCN2919

DSCN2918

A poucos metros da Biblioteca de Celso, está o Teatro que também é uma das edificações mais importantes de Éfeso:

DSCN2948

Este teatro é um dos maiores da Antiguidade e comportava até 24.000 pessoas.

DSCN2939

DSCN2940

A visita a Éfeso foi muito interessante e um dos passeios que mais gostei na Turquia. Poder ver de perto ruínas de uma cidade que existiu há muitos séculos é realmente impressionante, ainda mais com o bom estado de preservação.

O passeio durou mais de três horas e senti falta de ter contratado um guia para nos explicar melhor a história daquele lugar. Levei um guia de turismo impresso (Guia visual da Folha) que possuía as principais informações sobre Éfeso, mas é tudo bem resumido e não contém todos os detalhes.

Após sairmos de Éfeso, fomos até a Casa da Virgem Maria que está localizada no monte Koressos, a 07 quilômetros de lá.

No caminho há uma estátua da Virgem Maria:

DSCN2992

No início do século XIX a freira alemã Ana Catarina Emmerich, que era mística, teve uma série de visões da vida de Jesus e também de sua mãe Maria. E em uma dessas visões, a freira descreveu detalhadamente a casa construída por João Evangelista para Maria, onde ela teria vivido até o fim da vida.  No ano de 1881um padre francês descobriu o local que batia exatamente com as descrições de Ana Catarina. Entretanto o padre não foi levado a sério e somente dez anos após sua descoberta, dois missionários redescobriram o local. A partir de então o local foi restaurado e até hoje é destino de muitos peregrinos cristãos e muçulmanos de todo o mundo. A Igreja Católica não confirma mas também não nega a autenticidade da casa.

No local há uma pequena capela com um altar e uma estátua da Virgem Maria, onde é proibido tirar fotos. Ao lado direito da capela há um pequeno cômodo, supostamente o quarto onde a mãe de Jesus dormia:

DSCN2998

DSCN3002

Há fontes de água no local onde os visitantes podem matar a sede:

DSCN3006

E ao lado há um painel de ferro, conhecido como Muro de Pedidos, onde cada pessoa amarra um pedaço de papel ou tecido com um pedido para a Virgem Maria. Não perdi a oportunidade e deixei lá o meu pedido bem amarrado!

DSCN3008

Apesar da dúvida se a casa foi ou não o local onde Maria passou o resto da vida, senti uma energia boa lá dentro acompanhada de uma sensação de serenidade e paz. Foi uma visita muito interessante e pensar que estivemos em um local que pode ter sido relatado na Bíblia foi realmente fascinante!

Saímos da Casa da Virgem Maria no meio da tarde e seguimos em direção a Bodrum, no balneário do Mar Egeu. Tema do próximo post!

Anúncios
7 comentários
  1. Flavia disse:

    Ainda bem que voltou com os posts! Estou adorando sua viagem à Turquia. Para uma pessoa como eu, que não vu a ultima novela da globo, rs, seu blog é que tem despertado grande interesse. Muito surpreendente para mim. Não demore a escrever não, mas acho que a Turquia tem sido meu favorito até agora.

    Curtir

    • Que bom que você está gostando dos posts da Turquia! Até hoje foi a viagem mais legal e diferente que eu e o Du já fizemos. Agora falta pouco e até o próximo mês espero já ter publicado tudo!
      beijos

      Curtir

  2. Andreia disse:

    olá Izabella, adorei o post, fui a turquia em fevereiro mas só a Istambul e fiquei maravilhada, a melhor cidade de todas que vi na Europa, tanto que junho volto, vou visitar a Capadocia e izmir e claro as ruínas
    .

    Curtir

    • Olá Andreia!
      Istambul é uma cidade repleta de boas surpresas, não é mesmo? Um dia voltarei lá para explorá-la com mais calma!
      A Turquia foi um destino que surpreendeu positivamente e é repleta de paisagens de cair o queixo.
      Você vai amar a Capadócia, um lugar único e repleto de boas energias.
      Se você gosta de praias e tiver um tempinho de sobra no roteiro, não deixe de conhecer as praias turcas do Mar Mediterrâneo – são maravilhosas!
      Desejo-lhe uma ótima viagem e depois venha me contar como foi!
      Beijos

      Curtir

  3. Ana Paula disse:

    Olá Isabela, tudo bem? Adorei os seus posts sobre a Turquia. Irei semana que vem à Grécia e em seguida á Turquia e estou um pouco insegura sobre alugar um carro. Na verdade, eu gostaria de fazer um bate e volta de Istambul à Efésios chegando pelo aeroporto de Izmir, alugando um carro, visitando as ruínas e a casa da Virgem Maria e retornando ao aeroporto no final do dia para retornar à Istambul. O que você achou das estradas? É tranquilo esse trajeto? Obrigada!
    Beijo

    Curtir

    • Oi Ana! Que bom que gostou dos posts, fico feliz! A estrada de Izmir a Éfesos é boa e bem sinalizada. Este trajeto é bem tranquilo sim.
      Beijos!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: