RIO GRANDE DO SUL: GRAMADO E CANELA

Eu e o Du estávamos à procura de um destino para comemorar nossas bodas de 03 anos de casamento e foi aí que meu sogro nos convidou para irmos para Gramado. Aceitamos o convite na hora, afinal ainda não conhecíamos a cidade! E acabou sendo uma comemoração em família, pois fomos com o Adriano e a Alcione (meu sogro e a namorada dele), a Juliana, Gabriela, Júlia, Luísa e Gabriel (filhas, netas e neto da Alcione)!

Fomos na véspera deste último feriado do dia 15 na parte da manhã e foi a melhor coisa que fizemos, pois o alvoroço do feriado ainda não havia começado. Voamos de TAM até Porto Alegre e lá alugamos um carro para ir até Gramado (aproximadamente 1 hora e meia de estrada).

Na estrada as hortênsias estão por toda parte:

Ficamos hospedados no hotel Serra Azul, o primeiro hotel cinco estrelas da cidade. Foi lá onde meu sogro passou a lua de mel há mais de 30 anos! Fizemos a reserva com aproximadamente 02 meses de antecedência e foi uma das poucas opções que havia disponível na cidade. Gostei bastante do hotel e apesar de os quartos serem mais antigos, é espaçoso e confortável. Tem piscina aquecida, 02 restaurantes (café da manhã muito bom), spa e bar. A previsão do tempo para os dias que estávamos por lá era de temperatura mais amena e por isso nem levei biquíni. Vacilo total da minha parte, pois a piscina de lá é aquecida!

Chegamos em Gramado por volta das 15h e estávamos todos famintos! Fizemos o check in no hotel, deixamos as malas por lá e fomos para a rua coberta (a duas quadras do hotel) para almoçar. Lá há várias opções de restaurantes e comidas. Depois demos uma volta pela cidade e compramos ingressos para o espetáculo Nativitaten, uma das diversas atrações do festival Natal Luz Gramado que começa em novembro e termina em meados de janeiro. O festival foi criado em 1986 como forma de movimentar a cidade no mês de dezembro, época de baixa temporada e pouco visitada por turistas.

À noite fomos assistir ao Nativitaten que acontece no Lago Joaquina Rita Biere. Nem precisava ter comprado ingresso, pois dá para ficar em pé ao lado da arquibancada e ver o show de graça. O espetáculo é uma mistura de fogos de artifício (que sempre me assustam!), bailarinos e música. É bonito, mas no geral achei meio chato. A parte mais bonita foi quando tocou a música Imagine dos Beatles e a platéia balançou as velas acesas que foram distribuídas na entrada. Quando saímos de lá as crianças já estavam capotando de sono e foram com as mães para o hotel. Eu, o Du, Alcione e Adriano queríamos jantar e paramos no bar/restaurante Divino e comemos um hamburger muito bom.

O bar/restaurante Divino fica ao lado da catedral da cidade:

No dia seguinte a programação foi infantil e preferimos andar pela cidade que neste dia já estava bem mais cheia, pois foi quando o feriado prolongado começou mesmo. Fomos até a Igreja de São Pedro – Catedral de Gramado que foi construída no ano de 1942 e possui uma torre de 46m de altura. A estrutura dela é de pedra basáltica e parece a igreja daqueles brinquedinhos de madeira que toda criança tem!

Em frente a igreja está o termômetro que marca a temperatura da cidade:

Depois aproveitamos para fazer o passeio no ônibus Fumacinha que sai a cada meia hora do ponto em frente a Catedral. É tipo um sightseeing da cidade só que em um ônibus antigo (e fofo!). O passeio dura 1 hora e é cobrado R$ 12 por pessoa, crianças de colo não pagam e até 12 anos (não me lembro exatamente se era esta idade) pagam 50% do valor .

O ônibus passa pelos principais pontos turísticos e durante o percurso, o motorista vai explicando um pouco da história da cidade que possui pouco mais de 50 anos de existência e uma população de aproximadamente 40.000 habitantes. Gramado é uma cidade linda, limpa, arborizada e lá ao invés de sinais de trânsito há faixas de pedestres e os motoristas param para que os pedestres possam atravessar a rua.

Fizemos uma pausa de 20 minutos no Lago Negro que é bem bonito e arborizado. Dá para fazer o passeio de pedalinho por R$20,00 ou simplesmente apreciar a bela paisagem repleta de árvores e flores.

As ruas da cidade são muito arborizadas e limpas. Quem me dera São Paulo fosse assim também:

Todas as edificações da cidade têm de ter telhado (é proibida cobertura estilo laje plana de concreto e cúpulas):

O guia nos contou que a diferença entre as casas dos imigrantes alemães e italianos estava no sentido da madeira utilizada nas construções.

Nas casas dos alemães a madeira era no sentido horizontal:

E nas casas dos italianos a madeira era no sentido vertical:

Após o passeio fomos almoçar em um restaurante de massas e galetos que estava lotado de turistas. Como a cidade estava cheia, foi a única opção que não tinha fila enorme de espera. Depois do almoço voltamos para o hotel tirar o sagrado cochilo da tarde! À noite teve o desfile de Natal, também parte do espetáculo Natal Branco. Não conseguimos comprar ingressos para este dia e ainda bem, pois o desfile foi na rua do hotel. E nosso quarto tinha uma sacada de frente para a rua onde começava o desfile, ou seja, conseguimos ver tudo de camarote e logo no início quando todo mundo está mais animado! O desfile foi muito lindo e para os padrões brasileiros, diria que parecido com a Disney (claro, guardadas as devidas proporções!). Depois fomos jantar em um restaurante próximo ao hotel.

No dia seguinte fomos para Canela, cidade que fica a menos de 15 minutos de Gramado. Fomos direto para o Parque do Caracol, onde está a famosa cascata do Caracol. É cobrado R$12 por adulto (crianças até 05 anos não pagam e até 12 anos pagam meia entrada). Fomos para o mirante ver a cascata de cima e somente eu e o Du animamos a descer os 730 degraus que levam até a base da cachoeira!

Para descer todo santo ajuda! A descida foi bem rápida (menos de 10 minutos) mas a escada é bem inclinada (a pisada é bem estreita) e isso faz com que o joelho e a panturrilha sejam muito solicitados. Durante o percurso há patamares de descanso com placa que informam quantos degraus ainda faltam.

O visual lá de baixo é lindo, mas a área de observação é pequena e mesmo com menos pessoas o local fica cheio e disputado para fotos. Quem não tem um preparo físico muito bom é melhor nem descer! Na volta o que pega é o cansaço mesmo. No dia seguinte nossas panturrilhas ficaram doendo muito e hoje está sendo o ápice da dor! Está difícil esticar as pernas!

Nem andamos muito no parque e saímos de lá direto para o centro da cidade. Visitamos a Igreja e almoçamos por lá. Aproveitamos para tomar um café e comer uns cookies em uma lojinha próxima a Igreja (não me lembro o nome!).

O sol estava bem forte e decidimos voltar para Gramado. Achei Canela mais desorganizada (seria a irmã pobre!) e sem muito atrativo. Ficamos na piscina do hotel jogando conversa fora e à noite fomos todos comer uma sequência de foundue! Praticamente todos os restaurantes da cidade oferecem a opção de fondue de queijo, carne e chocolate!

E no quarto e último dia acordamos mais tarde e após o café da manhã arrumamos as malas e fomos andar sem rumo pelas redondezas do hotel. Gramado é famosa pelos chocolates e há várias lojas boas pela cidade. A Lugano é muito boa e possui uma variedade enorme de chocolates, ideal para comprar presentes. Há alguns outlets na cidade e várias lojas de roupas e sapatos (a Arezzo tem uma seção muito boa e havia botas de coleções passadas com bons descontos). Não ficamos muito por lá e fomos almoçar na cantina Pastaciutta. Ainda não estávamos com fome e a espera de 40 minutos nem foi sofrida! A comida de lá é ótima (comemos um nhoque muito bom) e uma porção para 02 pessoas serve tranquilamente 03 pessoas.

Fonte da imagem: http://www.pastasciutta.com.br/

Voltamos para o hotel por volta das 16h e fomos todos para Porto Alegre. Nosso vôo saiu às 20h e foi ótimo chegar em casa na véspera da confusão!

Adorei ter conhecido Gramado, mas gostaria de voltar em uma época mais calma e com menos turistas. Essa época do ano é ideal para ir com crianças (a cidade estava repleta delas), pois o Festval Natal Branco oferece diversas atrações para elas. Penso que final de agosto deve ser uma boa época para ir lá, pois ainda está frio mas não é época de altíssima temporada. Da próxima vez quero conhecer também a região das vinícolas, que dizem ser belíssima!

Anúncios
6 comentários
  1. Flávia disse:

    Postagem em tempo recorde! Quase simultânea, rs!
    Adorei! Tenho muita vontade de conhecer Gramado e tenho mesmo pensado em ir nesta época de clima mais ameno e com o clima e eventos de natal. Adorei as dicas. Quanto a Canela, acho que a cascata é mesmo a grande atração, e a foto nem parece real de tão linda. Mas a foto debaixo já não atrai tanto, não sei se desceria não, rs, com criança definitivamente não. Mas adorei e as fotos estão lindas! Dá mesmo vontade! E um fondue então…. hum…

    Curtir

    • Viu só como estou conseguindo melhorar as coisas por aqui? Ok, estou longe do padrão que considero ideal, mas logo chegarei lá!
      Gramado é uma cidade linda e a Bella iria adorar lá, principalmente nesta época do Natal. Se quiser ir se programe com bastante antecedência, pois as vagas nos hotéis acabam cedo.
      Com certeza não é bom descer as escadarias da cascata com criança, embora no dia que fomos tinham algumas por lá. Se eu e o Du ficamos “quebrados”, imagina as crianças?!!
      Beijos

      Curtir

  2. Já que entrei oficialmente pro time, vim ler mais um pouquinho do seu blog! E acho que vai ser ótimo acompanhar porque eu sou uma péssima turista acredita? Nunca sei pra onde viajar e quando viajo fico meio perdida e nunca sei o que fazer hahahha… Então vou pegar todas as suas dicas por aqui! Bjs!

    Curtir

    • Oi Isa, que legal!
      Seja super bem-vinda!
      Tomara que vc aproveite minhas dicas e se quiser sugerir algum assunto também fique à vontade!
      Beijos

      Curtir

  3. Hélida disse:

    Bom de ler o seu blog é que qualquer bom programa é lucro, vc é muito engraçada. Não se entusiasma com pouca coisa não é?!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: